A remota ilha de Tonga e suas baleias

Para quem é ligado no mundo submerso das águas, nadar com as baleias certamente é um grande sonho, e para mim não é diferente. Minha fascinação por estes animais vem de anos, e é tão grande que meu próximo destino de viagem não poderia ter sido outro: Tonga!

Mas onde fica? Por que Tonga?

Tonga é um pequeno reino formado por um conjunto de 176 ilhas no Oceano Pacífico, distante três horas de voo da cidade Aukcland, na Nova Zelândia. É um lugar mágico e paradisíaco cercado de corais por todos os lados e águas claras. O complexo de ilhas está na rota das baleias jubartes (Megaptera novaeangliae) e é um dos poucos locais do mundo onde é possível nadar e praticar snorkeling na companhia destas gigantes.

No Brasil as baleias jubartes também são muito conhecidas por frequentarem as águas da região nordeste para a reprodução, no entanto, há uma lei que proíbe rigorosamente o mergulho com qualquer espécie de cetáceo (baleias e golfinhos) no país, o que é muito bom pois assegura proteção durante a temporada reprodutiva destes animais.

Em Tonga, as baleias jubartes aparecem em meados de junho permanecendo até final de outubro. Elas vêm à procura de locais seguros para procriação e cuidados de seus filhotes. Também há animais propensos aos encontros de acasalamento, pois além de berçário natural, a região é também área reprodutiva da espécie. Nos passeios de barco para avistagem das baleias, os saltos são facilmente observados, o que pode significar que estão em busca de um companheiro para acasalar. Já as cuidadosas mães são mais reservadas e tendem ao isolamento para manter os filhotes em segurança.

O processo para chegar até as baleias em Tonga é um tanto quanto rústico, mas em geral existem algumas empresas credenciadas que realizam estes passeios. Não existem muitas normas, regras e tampouco grandes informações são repassadas aos turistas, o que achei estranho comparado com outros locais ao redor do mundo onde realizei passeios para ver baleias em habitat natural. Segundo as diretrizes do Governo do Reino Unido de Tonga, as embarcações não podem aproximar-se mais de 30 metros das baleias, além disto, deve-se tomar extremo cuidado com as manobras devido ao ruído gerado pelos motores que podem causar distúrbios e levar os animais a mudar seu comportamento ou até mesmo abandonar seu habitat natural.

Este tipo de ecoturismo aparenta ser muito atraente, porém existe uma série de critérios que devem ser considerados. Particularmente acredito que a atividade, quando realizada de forma correta, não é impactante para os animais, no entanto, as normas devem ser rigorosamente respeitadas.

É importante também considerar que as jubartes possuem nadadeiras longas e fortes. Portanto nadar muito próximo a elas pode acarretar em certos riscos ao mergulhador. Esta atividade é indicada somente para os mais experientes, pois implica cuidados, entre eles: manter a calma.

Certamente a experiência é única e mágica. Não é fácil encontrar palavras para descrever o que se sente. Na perspectiva visual, é só você, um infinito ambiente de azul sem igual e um gigante de 40 toneladas. Elas são dóceis e carismáticas, transmitem uma paz interior absurda. Diante de tanta nobreza, é difícil sentir-se em perigo, mesmo sabendo que elas têm a habilidade de atingir fortemente um mergulhador, caso queiram. Mas, sendo elas tão especiais,  conscientes de seu tamanho e magnitude, nadam a uma certa distância, como que respeitando o espaço de cada ser.

Após mergulhar com uma baleia pela primeira vez, a sensação é diferente de tudo o que você já sentiu, fica claro que a perspectiva de vida muda. É sem dúvida, uma das melhores experiências que uma pessoa pode ter no mar. Quando estou em mergulho, me sinto como se estivesse vivendo em outro mundo. Um mundo de paz, e poderia ficar ali por horas e horas. Cada vez que entro na água, vejo quanto privilegiada sou. Esta é a razão pela qual nunca vou desistir. É um vício. Um vício saudável!

Mônica Pontalti

Bióloga pesquisadora de cetáceos na Nova Zelândia.

 

 

1 Resposta

  1. Ir a Tonga é um grande sonho meu, poderia me mandar um email para conversarmos e para que eu possa pegar algumas informações, fico extremamente grato.
    Att, Giovani Izzo.

Deixe um comentário