Descobri que queria ser bióloga desde pequena quando ia passear nas praias do RS e via de longe as baleias francas passando em frente à casa da minha família. Mal sabia eu que um dia esta paixão seria tão forte. Sempre fui curiosa e fazer experiências era meu hobby de menina. Passava horas explorando as rochas e dunas na praia. Assim que terminei o colégio, não tive dúvidas, biologia era minha escolha e no primeiro vestibular prestado eu já era uma nova caloura. Daí por diante meu amor pela natureza e principalmente pelo meio marinho só crescia.

Dediquei-me 8 anos da minha vida profissional à conservação das baleias francas no sul do Brasil,  aquelas mesmas que de longe eu avistada quando menina. Isto desencadeou em mim uma incessante busca em aprender e explorar outras espécies e o grandioso mar. Segui minha carreira trabalhando com biologia marinha e esta paixão levou-me a diversos países como África, Peru, Argentina entre outros lugares remotos como Nova Zelândia e a Ilha de Tonga, perdida no meio do Oceano Pacífico; sempre em busca de poder ver de perto as baleias e golfinhos. Trabalhar e aprender mais sobre este meio simplesmente me realiza e me faz feliz.

Tive a oportunidade de me aperfeiçoar participando e ministrando cursos e palestras em diversas Universidades do Brasil. Fui Coordenadora de uma ONG local em Garopaba no qual serviu como uma grande escola. Sou grata por ter aprendido tanto sobre o comportamento animal. Tudo começou com um estágio voluntário e com o passar dos anos me vi representando a Instituição em Congressos e Conferências. Recentemente pude realizar trabalhos com outras importantes organizações nacionais e internacionais, tanto com cetáceos como com resgate e reabilitação de animais marinhos. Trabalhei em diversos encalhes de animais debilitados e na Nova Zelândia pude ter a melhor experiência da minha vida: ajudar a desencalhar 60 baleias pilotos. Algo sem igual. Como bióloga também estive embarcada em navios e barcos turísticos em busca das gigantes e majestosas baleias.

Mônica Pontalti

Durante minha caminhada profissional, vejo constantemente a relevância de entender e preservar cada vez mais o ambiente marinho e tudo que está nele inserido. A coluna MAR DE IDEIAS é um convite para a sociedade se engajar nas questões ambientais e conservacionistas, colaborando com a manutenção dos animais marinhos e dos seus habitats.

Minha perspectiva é de, neste espaço, compartilhar experiências, trazer notícias e levar ao público assuntos interessantes e agradáveis de fácil leitura. A abordagem dos textos visa enfatizar que os oceanos e mares são ecossistemas integrados e que temos o dever de respeitar e cuidar. Espero que a leitura dos textos estimule, você leitor, a pensar nas relações de suas próprias zonas costeiras, percebendo que tudo está interligado e que mesmo pequenas mudanças já são um começo para auxiliar na luta da conservação marinha.

Seja bem vindo ao MAR DE IDEIAS!

Compartilhe, comente e mande suas sugestões.

Mônica Pontalti / Bióloga
monicapontalti@gmail.com

Mônica Pontalti

Mônica Pontalti

Mônica Pontalti

Mônica Pontalti

 

Sem comentários por enquanto.

Deixe um comentário